Estrada Velha de Santos

Belezas naturais, pontos históricos e muito ar puro… Visita ao Parque Estadual da Serra do Mar foi o passeio organizado pelo Fusca Clube do Brasil 

  • Destaque Principal - Slide 3
  • Destaque Principal - Slide 1
  • Destaque Principal - Slide 2
  • Destaque Principal - Slide 4
ÁREA RESTRITA
Quer se associar ao Fusca Clube do Brasil?

Passeio na Estrada Velha de Santos-SP
14-08-2017

estradavelhasantos17fd

Belezas naturais, pontos históricos e muito ar puro…

Visita ao Parque Estadual da Serra do Mar foi o passeio organizado pelo Fusca Clube do Brasil 

A Estrada Velha de Santos localiza-se na Unidade de Conservação Caminhos do Mar, no Parque Estadual da Serra do Mar.  A visitação é controlada pela Fundação Florestal e neste último Domingo (30 de Julho), o Fusca Clube do Brasil organizou e promoveu um Passeio nesta Estrada que além de gostoso e divertido, proporciona conhecer um pouco da nossa História.

Além de descer a Serra, curtindo a linda paisagem, são visitados locais históricos:

- O Pouso de Paranapiacaba, construída em 1922, que servia de apoio aos viajantes.

- O Rancho da Maioridade, em homenagem a Dom Pedro II.

- Belvedere Circular – Marca o primeiro encontro da Calçada do Lorena com a estrada (ao todo são 3 encontros).Realmente apresenta uma forma circular. A Calçada do Lorena normalmente é usada a partir deste ponto em excursões para o pólo ecoturístico, que se faz a pé, sendo que os turistas entram pela calçada neste ponto e saem no próximo encontro com a estrada.

- Padrão do Lorena, em homenagem ao então  governador-geral da Capitania, Bernardo José Maria de Lorena, que mandou construir este caminho pavimentado, facilitando a subida da Serra. Foi por onde subiu Dom Pedro I, quando proclamou a Independência do Brasil, assim que chegou a São Paulo.

- Pontilhão da Raiz da Serra Quilômetro 52 – O último monumento, já na planície, após o fim da serra. Foi construído junto com o fim da pavimentação com asfalto da estrada, com o propósito de homenageá-la. Não é de fato uma ponte, mas somente as “paredes” da ponte fincada no chão. Antes, passava, por ali, um rio, desviado para a construção da refinaria em Cubatão. Além desses monumentos, durante a estrada toda é possível encontrar mirantes.

Texto e Fotos: Ervin Moretti

Edição: Fatima Barenco

fonte: maxicar  http://www.maxicar.com.br/2017/08/passeio-na-estrada-velha-de-santos-sp1/